Maquiagem

Resenha base Flawless Lumière radiance-perfecting – Laura Mercier

No final de 2019 fiz alguns cursos e num deles tive a oportunidade de testar a marca “Laura Mercier”. Eu nunca tinha ouvido falar, mas me surpreendi positivamente com alguns itens que usei na escola. A base de nome comprido e difícil, a “Flawless lumière radiance-perfecting” me encantou tanto, que eu tirei foto dela na época e esperei entrar em promoção no site da Sephora para adquirir quando tivesse um dinheirinho, pois, sendo marca importada (dos Estados Unidos) e com dólar nas alturas, o valor também é alto, de R$269,00 paguei R$228,65, porque consegui 15% de desconto. Ela vem com 30 ml numa embalagem de vidro e com pump.

A cor escolhida foi 1n1 Creme, mesma que usaram em mim no curso. Mas com esse tempo de quarentena, acho que fiquei mais branca, pois o tom que era ideal agora está um pouquinho escuro. Mas muito pouco mesmo. A base promete captar a luz para refletir uma pele radiante sempre. Tem propriedades clareadoras que com o uso contínuo melhoram o aspecto da pele, e dizem hidratar por até 15 horas por conta do extrato de cogumelo Tremella, propriedade que restaura os níveis de água da pele, suavizando linhas finas e de expressão.

A base é de cobertura leve, mas dá pra construir camadas até uma cobertura média. Como mencionado, é uma base hidratante, então pessoas que são fãs do opaco e matte não vão gostar. Quando a usei pela primeira vez, ainda a do acervo da escola, era verão, minha pele oleosa, e mesmo assim ficou um acabamento bonito. Com uma boa preparação pré-maquiagem e um pouco de pó solto pra finalizar, eu estava maquiada de forma muito natural e confortável. Atualmente minha pele está mista, o clima mais frio, e mesmo assim gosto de como ela fica na minha pele: viçosa e imperceptível. Ela é fácil de espalhar, fica uniforme e não senti oxidar, mas sim uma adaptação ao tom da pele que melhora a uniformidade da cor. Tem durado cerca de 6 horas na minha pele e ao sair do rosto, não fica buraco ou com aspecto feio, ela chegará digna até o momento de demaquilar, ainda que não esteja 100%. Ela transfere pouquíssimo, o que me surpreendeu pelo fato de ser uma base hidratante. Eu esperava algo que “carimbasse” com mais facilidade, e mesmo sem pó, achei que se comportou bem no quesito transferência. Mas como gosto de um pouquinho de pó para selar e garantir a make por mais um tempo, sempre passo um pouco para finalizar e ela continua com um aspecto de pele saudável, “acordei assim sem esforço”.

E você, conhece essa base? Já ouvi falar maravilhas do pó solto da marca, mas ainda não tenho. Vocês conhecem? Comente aqui!

Até a próxima!

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.