Vida & Bem-estar

Nova integrante da família – Artemis

Nunca tive animal de estimação e meu primeiro contato com gato foi na casa do Victor, meu namorado. Sim, fui ter contato com animais já bem grandinha. Minha família nunca foi fã de pets, e desde muito pequena fui condicionada a ter medo deles, esperar por ataques e bagunças caóticas. Apesar disso, depois de conhecer o primeiro, fui ficando best friend dos pets dos amigos, cunhados, e quando dei por mim, era a pessoa que nas festas de aniversário fica brincando com os animais e não dá muita bola para os humanos. Quem diria…

  <- Esse é o Creme, gato de estimação do Victor, responsável por eu achar gatos incríveis.

Vendo a parceria entre donos e pets, a energia que eles trazem para a casa, o quanto pessoas se unem por conta deles, a capacidade que eles tem de fazer a gente esquecer dos problemas pelo menos por um momento…Tudo me impressionou e criou dentro de mim a vontade de adotar uma vidinha de 4 patas para cuidar. Até que chegou a hora, assim meio de supetão, e quando eu vi, estava telando o apartamento para receber um gatinho.

Pensei em cachorro também, mas queria um animal mais independente, que pudesse dormir durante o dia sem sofrer tanto quando eu precisasse sair…Sem contar que ver o gato de estimação do meu namorado crescer contribuiu muito para que eu aprendesse mais sobre os costumes e cuidados com os felinos. Acompanhava diversas páginas de resgaste de animais, até que cheguei a uma moça que resgata aqui na minha cidade. Ela não tem ong, não tem apoio de prefeitura, faz tudo por amor e depende de doações. Não tive dúvida: era ali que acharia um companheirinho ou companheirinha. Entrei em contato, levei doações para ajudá-la, e no quintal da casa dela numa gaiolinha, avistei uma cinzinha rajada quietinha, sem participar do alvoroço dos irmãos. Pensei: é ela. E assim Artemis chegou. Brincalhona mas muito boazinha, com apenas 2 meses de vida, uma lombriguinha de pelúcia como costumo brincar. Agora tem um lar seguro, está tomando as vacinas, comendo certinho, tudo para ter uma jornada longa e saudável. Estou toda boba, embora saiba ser séria e firme nas horas de dar bronca. Sei que é muita responsabilidade, que alguns desafios farão parte, contudo ela me faz sentir preparada, confiando a mim suas horas de soneca em meu colo e zelando pelo meu sono quando chega minha vez de tirar um cochilo (do jeito dela, mas é vigilância kkk)

 <- Artemis cochilando ao meu lado

E se você tem interesse em adotar um gatinho de Guarulhos, entre em contato com a @alvesliss , ela é uma pessoa show, profissional mais ainda, e está junto com um amigo procurando um lar para 3 felinos filhotes. Quem tiver interesse ou puder compartilhar, o instagram dela é esse que escrevi após o @, e por lá vocês podem obter mais informações.

Para saber como foi a escolha do nome, o que comprei no “enxoval” da Artemis, como foi o primeiro dia dela em casa, clique aqui e veja o vídeo que fiz, está no meu canal no youtube! (Essa é outra grande novidade, agora além do site e do Insta, estamos na maior plataforma de vídeos do mundo!) Então clique para assistir e não deixe de curtir e se inscrever por lá. Tudo feito na simplicidade, mas com o carinho e dedicação de sempre.

Até a próxima!

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.